vc repórter: homem colhe mandioca gigante de 25 kg no MS

25 de julho de 2009 • 16h55 • atualizado às 17h13
O zelador Brás Paulino de Freitas colheu uma mandioca de quase 25 kg em Cassilândia, Mato Grosso do Sul Foto: Zildo Silva/vc repórter
O zelador Brás Paulino de Freitas colheu uma mandioca de quase 25 kg em Cassilândia, Mato Grosso do Sul
25 de julho de 2009
Foto: Zildo Silva/vc repórter

Uma mandioca gigante pesando quase 25 kg foi colhida por Brás Paulino de Freitas, 46 anos, morador do município de Cassilândia (MS). A raiz estava plantada há mais de três anos no fundo de um terreno localizado na região central da cidade, do qual Brás é zelador.

O homem conta que se assustou quando percebeu o tamanho da raiz. "Já tirei da terra mandiocas de até 6 kg, mas tão grande assim nunca tinha visto", afirma.

Com 2,4 m de altura e 60 cm de largura, a mandioca teve que ser retirada da terra com a ajuda de uma picareta e demorou quase duas horas para ser totalmente removida. Depois, a raiz fez a alegria de muitas pessoas. "Distribuímos os pedaços para alguns vizinhos e fizemos uma panelada de quibebe com pedaços de carne, prato típico aqui da região", conta Brás.

Apesar de ser antiga, a mandioca ficou pronta para ser consumida após passar cerca de quatro horas por cozimento. Segundo Brás, o alimento faz parte da variedade fécula branca, bastante encontrada na região. No Brasil, mais de 4 mil variedades já foram catalogadas.

Em lavouras comerciais, mandiocas de 5 a 6 kg já são consideradas grandes. O normal é que cheguem a 2,5 kg em roças que tenham espaçamento de 90 por 50 cm.

De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a mandioca é cultivada em todos os estados brasileiros. Em termos de área de cultivo está entre os nove primeiros produtos agrícolas do País e é o sexto em valor de produção.

Cerca de 80% do produto é utilizado para produção de farinha, 3% na extração de fécula e o restante vai para a alimentação animal.

Ainda segundo a Embrapa, o Brasil participa com mais de 15% da produção mundial. A raiz, produzida em mais de 80 países, também é conhecida pelos brasileiros como aipim e macaxeira.

Os internautas Douglas Torraca, de Campo Grande (MS), e Zildo Silva, de Cassilândia (MS) participaram do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »