Papel higiênico vem com texto para ler no banheiro

24 de janeiro de 2009 • 17h38 • atualizado às 17h38
A ideia curiosa está sendo patenteada e já recebe encomenda até da Europa Foto: Divulgação
A ideia curiosa está sendo patenteada e já recebe encomenda até da Europa
23 de janeiro de 2009
Foto: Divulgação

Cláudio Dias

Direto de Araraquara


Uma microempresa de Franca, interior de São Paulo, resolveu criar uma alternativa criativa para o momento de privacidade dentro do banheiro. Acreditando que muitos gostam de ler sentados no vaso sanitário eles resolveram imprimir textos, fotos e outras coisas nos rolos de papel higiênico. A ideia curiosa está sendo patenteada e já recebe encomenda até da Europa.

A novidade virou fonte de renda dos amigos Luiz Donizete Silva e Nelson Palermo Neto, ambos de Franca. Silva conta que há pouco mais de um ano conversando com um colega tiveram a ideia de deixar de lado os rótulos do xampu e do condicionador que eram lidos no banheiro por algo mais interessante quando não tinham por perto um jornal ou uma revista.

O sistema criado pela dupla é simples. Eles compram o papel higiênico comum e dupla face como qualquer outro comercializado no supermercado. A novidade é que eles utilizam uma das folhas para imprimir o que for de interesse do freguês. "No começo nós fazíamos com textos meus mesmo, mas, depois, o negócio mudou e ganhou outros temas", diz Silva.

Ele conta que já vendeu papel higiênico com poesia, piada, desenhos de Natal, Ano-Novo e outras mercadorias mais inusitadas. "É legal você sentar e rir com as piadas antes de usar o papel." Houve um advogado que pediu um papel higiênico com texto jurídico. "Teve uma cliente nossa do Rio de Janeiro que quis rolos com imagens do Kama Sutra para dar aos clientes do sex-shop", lembra o empresário.

Palermo e Donizete ainda buscam aperfeiçoar a impressão para garantir entregas em grande escala. Eles sabem que o produto tem duas finalidades. A tradicional para ser usada no banheiro e a outra de usarem como "souvenir". "Teve gente que quis papel personalizado para o casamento. É muito bacana", diverte-se Silva, que tem pedidos de clientes de Curitiba, Rio e até Portugal.

Hoje, a empresa vende sob encomenda, no mínimo, quatro rolos por cliente. Cada um contendo apenas texto custa R$ 4,99. Se for imagem sai cada por R$ 7,99. A impressão é básica. Eles colocam a ponta do papel comum na impressora e, seguindo uma técnica artesanal e sigilosa, passam a imprimir em cima da folha fina. "Começamos pra valer em novembro e a intenção é ampliar esse ano", diz Silva.

E o dono do papel personalizado tem planos ambiciosos. Ele estuda a possibilidade de tornar o papel higiênico uma ferramenta de aprendizado às crianças. "Já pensei em colocar textos em inglês para ajudar a meninada a aprender outra língua. Mas, enquanto isso, vamos seguindo com os textos comuns, as piadas e as poesias", frisa o empresário.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »