Homem encontra cogumelo de 40 kg na Espanha

21 de outubro de 2008 • 16h14 • atualizado às 17h09

Manuel Pérez González, um morador do povo de Paderne de Allariz, na Galícia, no noroeste da Espanha, foi transformado em uma celebridade local desde que encontrou em uma floresta de castanhas de sua propriedade um achado fora do comum: um cogumelo gigante de 40 kg.

» Casa dos Smurfs é vendida a US$ 399 mil
» Abóbora de 850 kg pode bater recorde
» Árvores dão laranjas de 1 kg

Pérez González disse nesta terça-feira à Agência Efe que está acostumado a encontrar no local cogumelos comestíveis como macrolepiota procera e outras espécies, mas que "nunca", em seus 56 anos de vida no povoado, tinha visto um com estas características.

"Uma semana antes, estive na fazenda para ver como estavam as castanhas, e não havia cogumelo, mas no domingo fui recolher os que estavam abertos e as castanhas e encontrei três no solo", explicou.

Pérez González tem um vizinho que é fã de cogumelos e que lhe explicou que entre os maiores achados estão os de 20 quilos, nada comparável com o seu, que pesou 40 na balança da antiga loja do povoado e que mede 0,75 por 0,55 metro.

O cogumelo cresceu durante uma semana ao pé de uma castanheira e ao lado de outros dois da mesma espécie, mas menores.

Após achar o cogumelo, Pérez González o levou à oficina no povoado vizinho de San Cibrao das Viñas, onde, segundo afirmou, "a passagem de moradores e curiosos foi incessante até hoje".

Sua intenção agora é doar o exemplar para qualquer coletivo de admiradores que esteja interessado em mostrá-lo ou estudá-lo.

Embora o cogumelo seja de uma espécie comestível, disse que, com esse tamanho, estará duro, embora seu vizinho, especialista em cogumelos, já tenha dado dicas de como prepará-lo.

EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »