EUA: Justiça arquiva processo movido contra Deus

16 de outubro de 2008 • 09h31 • atualizado às 09h31

Um juiz do Estado americano de Nebraska decidiu ontem arquivar o processo que um senador movia contra Deus. A decisão foi tomada porque o senador Ernie Chambers não informou o endereço do réu, impedindo a Justiça de notificá-lo.

» Deus responde a senador
» Senador processa Deus por estragos
» Deus é processado por quebrar contrato

Chambers entrou com a ação no ano passado. Ele acusava Deus de ser o responsável por milhões de mortes causadas por inundações, furacões e tornados.

O senador encontrou o que chamou de "uma falha" na decisão judicial. "O próprio tribunal reconheceu a existência de Deus. Uma das conseqüências de reconhecer Deus é admitir sua onisciência. Se Deus sabe tudo, Ele foi automaticamente notificado deste processo", disse.

Chambers tem 30 dias para decidir se vai ou não recorrer à decisão da Justiça.

AP - Copyright 2007 Associated Press. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »