Cientista é discriminada por admirar Kylie Minogue

29 de abril de 2004 • 10h28 • atualizado às 10h28

A renomada Academia Britânica de Ciências "The Royal Society" rejeitou a candidatura de uma destacada neurologista porque, aparentemente, alguns membros não aprovam seu jeito de se vestir, com saltos e minissaia, e suas aparições públicas.

Susan Greenfield, de 53 anos, causou rebuliço há alguns meses entre a comunidade científica ao afirmar que seu maior desejo era "ter uma bunda como a de Kylie Minogue", um comentário que pode ter diminuido suas chances de fazer parte da melhor academia de ciências do mundo.

Greenfield, cientista na Universidade de Oxford, é conhecida por ter aparecido em diversos programas de rádio e televisão para divulgar seu trabalho. <É, além disso, a primeira mulher a dirigir a "The Royal Institution", outra instituição científica conhecida internacionalmente.

No entanto, sua imagem pública, com predileção pelas minissaias e pelos saltos agulha, provocou críticas de alguns membros da "The Royal Society", enquanto outros classificaram seu trabalho como "insubstancial" apesar de reconhecer seu trabalho como "divulgadora da ciência".

Um porta-voz da instituição científica garantiu hoje que aparecer na televisão ou ter uma certa imagem "não influi negativamente na escolha dos candidatos". Para fazer parte da "The Royal Society", um candidato deve ser indicado por dois membros da instituição depois do que um comitê de especialistas estuda a lista de candidatos e seleciona alguns para serem submetidos à votação de todos os membros.

Susan Greenfield era uma das 534 pessoas indicadas, mas não chegou a integrar a lista dos 44 finalistas. Criada em 1660, "The Royal Society" possuiu entre seus ex-membros Christopher Wren, Isaac Newton e Charles Darwin, assim como vários ganhadores do prêmio Nobel. No entanto, sempre foi uma associação reticente a incluir mulheres e, atualmente, só 53 dos 1.244 membros que a integram são do sexo feminino.

EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »