Após cantada, turista protesta tirando a roupa

22 de maio de 2008 • 07h31 • atualizado às 07h59

Uma turista israelense cansada de ser cantada por operários que asfaltavam uma estrada enquanto ela caminhava por uma rua da localidade de Kerikeri, ao norte da Nova Zelândia, tirou a roupa na frente dos trabalhadores em uma mostra de desafio, informou a imprensa local.

» Alemão tira a roupa em tribunal
» Marceneiro ganha direito de trabalhar nu
» Padre corria nu porque suava demais

A mulher, que procurava um caixa automático para sacar dinheiro, começou a tirar as roupas tranqüilamente em frente aos operários para, em seguida, se vestir novamente e deixar o local.

O sargento da polícia Peter Masters afirmou que a turista, que hoje deve deixar o país, confessou que, cansada dos assobios, decidiu "mostrar o que tinha".

Masters afirmou que a mulher tinha sido cantada antes por homens neozelandeses e destacou que os agentes da polícia explicaram que sua atitude era inadequada na Nova Zelândia.

EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »