Gato mais velho do mundo faz 33 anos

17 de março de 2004 • 08h54 • atualizado às 08h54

Um gato chamado Whiskey se tornou hoje o gato mais velho do mundo ao completer 33 anos de idade. A dona de Whiskey, Jean Stone, achou o animal no lado leste de Londres em 17 de março de 1971. O gatinho tinha os olhos fechados e parecia recém ter nascido.

"Eu nunca achei que ele viveria tudo isso, especialmente depois de um início tão horrível", disse Jean. Whiskey, que não tem mais os dentes da frente, vai celebrar seu aniversário com a sua rotina usual: dormir e comer comida para gato, segundo o site do jornal The Sun.

Jean, que vive em Essex, acha que Whiskey deve ganhar um lugar no livro dos recordes, o Guiness. "Eu vi algo sobre o tempo de vida dos gatos e então percebi como Whiskey era velho", contou.

Quando a inglesa encontrou o gato, o alimentou com uma mamadeira de boneca a cada hora. Jean espera agora que um veterinário possa verificar a idade do animal de estimação.

O Guinness registra que o gato vai velho vivo é Kataleena Lady, uma gata birmanesa de 27 anos nascida em 11 de março de 1977 na Austrália. O jornal inglês The Sun ainda desafia os leitores a telefonarem para a redação caso possuam um gato mais velho que Whiskey.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »