Australiano descobre que namorada era um homem

08 de fevereiro de 2008 • 10h59 • atualizado às 11h33

Um homem, acusado de agredir a namorada, descobriu durante uma detenção por suspeita de furto que ela era um homem há 12 anos, antes de fazer uma cirurgia de mudança de sexo. O policial e seu parceiro que contaram a ele estão sendo processados por violar leis de privacidade. Eles podem pegar até dois anos de prisão, segundo o jornal Daily Telegraph.

» Chinesa finge gravidez de quíntuplos
» Fugitiva processa noivo abandonado
» Creche descobre que professora é stripper
» Mulher descobre gravidez dois dias antes do parto

Na delegacia, em Sydney, na Austrália, ao verificar a ficha de Garrick Jacobson, 26 anos, que havia sido detido em 2006 por suspeita de furto, os policiais pesquisaram também sobre sua namorada, Brigitte Fell, e descobriram que se tratava de um homem.

Brigitte disse à polícia que se submeteu à cirurgia de mudança de sexo há 12 anos, em Londres, e que não contou ao namorado, com quem estava há dois meses, porque ele era muito temperamental.

Ao descobrir que a namorada era um homem, Jacobson foi até seu apartamento. Brigitte disse que acordou com ele ameaçando matá-la e afirmando que os policiais haviam dito que ela era um homem.

Jacobson derrubou Brigitte de uma sacada machucando seu rosto. Ela precisou ficar vários dias internada num hospital.

As informações foram divulgadas recentemente nas audiências que analisam as acusações contra os policiais que divulgaram as informações. Jacobson aguarda a sentença da Corte que julga seu caso de agressão.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »