Advogado é processado por morder seios de colega

07 de fevereiro de 2008 • 10h49 • atualizado às 10h49

Um advogado húngaro está enfrentando processo judicial após morder os seios de uma colega em um jantar formal. Laszlo Papp, 32 anos, advogado-chefe do escritório do prefeito de Gyor, é acusado de ter dito a Imola Kovac: "não gosto de meu peito de frango. Acho que vou provar os seus".

» Garçonete é multada por amassar latas com seios
» Canadense coloca silicone em tatuagem
» Dona de maior silicone entra no Guinness
» Motorista reclama de decote sexy

O prefeito, presente ao jantar, descreveu o incidente como uma brincadeira, mas a advogada não viu graça e iniciou uma ação legal contra o colega por assédio sexual, segundo o site Ananova.

"Eu estou iniciando uma ação legal, pois não acho que morder os seios de uma colega é um comportamento apropriado para um servidor público", disse Imola, 26 anos.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »