Marinheiro não consegue provar que está vivo

15 de janeiro de 2008 • 14h50 • atualizado às 14h50

Um marinheiro polonês descobriu ao voltar de uma pescaria que foi declarado morto e que as autoridades não querem "ressuscitá-lo".

»Morto "envia" cartões de Natal nos EUA

»Enterro pára porque cova está ocupada

Piotr Kucy, 37 anos, fazia uma viagem de duas semanas para pescar quando foi encontrado um corpo que foi identificado como sendo ele. Desde então, Kucy luta para provar que está vivo.

"Eu parei em frente aos oficiais e disse: 'olhem, eu estou vivo!', mas não adiantou, não consigo convencê-los"

Quando o marinheiro voltou a ver a família, eles ficaram atônitos ao descobri-lo inteiro, para os familiares, ele estava morto e cremado.

A confusão começou quando um amigo teria olhado rapidamente o corpo e dito que realmente parecia com Kucy. A polícia não checou mais e declarou a morte, segundo a família

Piotr Kucy entrou com um processo para "retornar" das cinzas há cinco meses, mas ainda não obteve resposta: "eu tenho que trabalhar, me sustentar, mas não posso, porque ainda estou morto!"

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »