Maquinista bêbado rouba trem e tenta subornar polícia

09 de janeiro de 2008 • 21h24 • atualizado às 21h48

A polícia de Olawa (sudoeste da Polônia) prendeu hoje um maquinista que, embriagado, quis fugir com um trem carregado de combustível e tentou subornar os policiais para que não fosse detido.

» Bêbado é preso ao dormir em loja
» Francês bêbado toca sino do Vaticano
» Bêbado invade casa e dorme no sofá
» Bêbado fica 12 horas em chaminé

Na manhã desta quarta-feira, a controladora da estação de Olawa tentou se comunicar por rádio com o maquinista de um trem de mercadorias que se dirigia para essa estação, em um procedimento rotineiro para comprovar que tudo funciona corretamente.

A controladora estranhou a falta de respostas do maquinista e ficou nervosa quando percebeu que ele balbuciava as palavras, mas não conseguia se comunicar.

A mulher decidiu avisar à polícia e mudar as barras de metal para que o trem, carregado com 17 tanques de combustível, desviasse para uma linha secundária onde devia parar até receber uma nova autorização para continuar a viagem.

A situação tornou-se perigosa quando o maquinista decidiu continuar sua marcha, enquanto os agentes, que já estavam no local, perseguiam-no e o mandavam parar.

Após várias centenas de metros, o homem finalmente freou o trem, o que permitiu aos policiais detê-lo e comprovar que ele estava embriagado. O maquinista quis resolver o assunto de uma forma "civilizada" e tentou subornar os funcionários oferecendo-lhes o combustível que transportava, o que foi rejeitado pelos agentes.

O aventureiro polonês, que tem 50 anos, passou toda a vida trabalhando no serviço ferroviário e agora pode acabar tendo de cumprir uma pena de três anos de prisão.

EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »