Mulher é proibida de dirigir por ser lenta demais

05 de janeiro de 2008 • 14h58 • atualizado às 15h27

Uma mulher foi proibida de dirigir por uma semana depois de ter sido flagrada com seu carro a menos de 16 km/h em uma rodovia no sudoeste da Inglaterra.

Além de dirigir muito lentamente, Stephanie Cole, 58 anos, foi acusada de frear repetidas vezes aos sair da pista principal e guiar em parte do acostamento, causando potenciais transtornos ao trânsito.

Depois de pedir que ela parasse, a polícia verificou que Stephanie tinha no seu veículo um cartaz com uma advertência a outros motoristas: "Eu não vou rápido. Se eu sou lenta demais para você, não buzine, apenas ultrapasse!" A motorista disse aos policiais que "não confiava" na estrada.

Esclerose

Stephanie Cole admitiu dirigir fora dos padrões aceitáveis e, além de ser proibida de pegar o volante por sete dias, foi condenada a fazer outro teste de direção. O juiz responsável pela punição disse ter levado em conta que a mulher sofre de esclerose múltipla.

"Eu realmente não queria pegar a estrada, mas eu precisava desesperadamente ir à Staples (nome de uma loja de artigos de papelaria) para comprar um cartucho de tinta para impressora", explicou Stephanie.

Ela disse que entrou em pânico na rodovia. "Eu me senti simplesmente horrível. Não sabia o que fazer."

BBC Brasil - BBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »