Cão que herdou US$ 12 mi é ameaçado de morte

04 de dezembro de 2007 • 11h02 • atualizado às 11h12
Leona Helmsley com o cão que herdou parte de sua fortuna Foto: AP
Leona Helmsley com o cão que herdou parte de sua fortuna
29 de agosto de 2007
Foto: AP

Um cão quer herdou aproximadamente US$ 12 milhões foi transferido para uma casa segura depois de ser ameaçado de morte. Trouble, um pequeno maltês branco, herdou a fortuna da milionária americana do ramo de hotéis Leona Helmsley, que morreu no dia 20 de agosto.

» Milionária deixa US$ 12 mi para cão
» Opine sobre a herança

O cão foi mais beneficiado no testamento de Helmsley do que alguns de seus familiares. Dois dos netos da milionária não receberam nada.

O jornal The New York Post afirma que os guarda-costas de Trouble receberam mais de 20 ameaças de morte dirigidas ao animal.

Há dois meses, em um avião particular, o cão deixou a casa em que vivia, em Connecticut, e mudou-se para outra residência deixada pela dona, na Flórida.

John Codey, encarregado dos fundos de Trouble, estima que os custos com o animal cheguem a US$ 300 mil por ano, incluindo uma equipe de seguranças, cuidados médicos e alimentação feita por uma cozinheira.

Na viagem, o animal passou a ser chamado por outro nome, com a finalidade de despistar possíveis seqüestradores. "Chamamos ele de Bauble em vez de Trouble", disse Codey.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »