Filipinas: cara ou coroa decide eleição regional

20 de maio de 2007 • 11h39 • atualizado às 11h39

Numa democracia, os eleitores são os únicos responsáveis por escolher seus representantes pelo voto direto, certo? Nem sempre, pelo menos não nas Filipinas.

Uma moedinha jogada para o alto resolveu o impasse criado por um raro empate na cidade filipina de Bontoc, segundo relata reportagem do jornal Philippine Daily Inquirer.

Segundo a reportagem, dois candidatos terminaram empatados na eleição para a oitava e última vaga para a Câmara de Vereadores da cidade.

A proposta de decidir a vaga com um cara ou coroa partiu de uma autoridade do órgão eleitoral local. Segundo ela, o método está previsto no código eleitoral.

O candidato Brian Bellang, 37 anos, escolheu "cara" e venceu a disputa pela vaga.

Para ele, o método foi "justo" para ele e seu adversário, Benjamin Ngeteg. "Nós conversamos sobre isso quando a proposta do cara ou coroa foi feita e concordamos em tentar a sorte. Afinal de contas, ele é meu parente. Foi um acordo de cavalheiros", disse Bellang ao jornal.

BBC Brasil - BBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »