Marinheiro plantava maconha em submarino russo

25 de janeiro de 2007 • 10h21 • atualizado às 10h40

Um marinheiro foi condenado na Rússia sob acusação de plantar maconha dentro de um dos submarinos nucleares da Rússia. Alexander Panov, que servia no submarino Dmitry Donskoy, foi acusado de plantar a droga no peitoril da janela de seu compartimento e vendê-la para os companheiros, segundo agências russas.

» Veja fotos da feira
» Barcelona recebe maior feira de maconha

"Quando as três plantas que ele cultivava alcançaram 1 metro, o marinheiro as trouxe para o almofarixado", disse o juiz Oleg Arkhipov. "Ele irrigava a plantação e começou a usá-la e distribuí-la para os outros marinheiros", acrescentou.

A corte militar da cidade de Severodvinsk sentenciou Alexander Panov Panov a dois anos em campo de prisioneiros. O submarino Dmitry Donskoy, de 175 metros, um dos mais novos do Exército russo, foi usado várias vezes, no ano passado, para carregar mísseis intercontinentais.

Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »