vc repórter: "Mortos-vivos" passeiam por Porto Alegre

12 de dezembro de 2006 • 14h08 • atualizado às 14h26
Porto Alegre teve a maior Zombie walk da América Latina Foto: Thiago de Souza Cezimbra/Divulgação
Porto Alegre teve a maior Zombie walk da América Latina
12 de dezembro de 2006
Foto: Thiago de Souza Cezimbra/Divulgação

Cerca de 400 "mortos-vivos" saíram às ruas de Porto Alegre no último sábado para assustar e divertir a população. Com os rostos desfigurados pela maquiagem e as roupas devidamente caracterizadas, os moribundos se arrastaram por toda a cidade, percorrendo uma rota previamente definida pela internet.

» Veja mais fotos
» Mande fotos e notícias e participe do vc repórter

Na realidade, o encontro dos zumbis faz parte de um evento realizado em diversas cidades do mundo, principalmente no Canadá, Estados Unidos, Inglaterra e Austrália. Apelidado de Zombie Walk, este foi o primeiro evento realizado na capital gaúcha e já vinha sendo organizado desde a metade deste ano.

O encontro de partida foi na Casa de Cultura Mário Quintana, no centro de Porto Alegre. De lá, os mortos-vivos seguiram até a Praça da Matriz, passando ainda pelo Palácio do Piratini, Largo Zumbi dos Palmares e Parque Farroupilha. O passeio encerrou-se com uma grande confraternização nos bares e restaurantes da rua Lima e Silva, ponto boêmio da cidade.

A primeira edição do Zombie Walk foi em Toronto, no Canadá, em outubro de 2003. Ao encontro compareceram apenas seis participantes. Hoje, entretanto, o evento reúne ocorre em diversas cidades do mundo, tendo em Porto Alegre a maior referência no Brasil.

Para conhecer mais detalhes sobre o Zombie Walk, acesse o site www.zombiewalk.com.br.

O internauta Thiago de Souza Cezimbra, de Porto Alegre (RS), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »