Rei da Espanha mata urso adestrado e bêbado em caçada

19 de outubro de 2006 • 11h10 • atualizado às 11h51

O rei Juan Carlos da Espanha matou um urso domesticado e embriagado de vodca durante uma caçada em agosto passado na região de Vologda, norte de Moscou, informou nesta quinta-feira o jornal russo Kommersant.

» Celebridade, Urso Bruno é morto na Alemanha
» Empresário vai processar algoz de Urso Bruno
» Urso Bruno ganha cortejo fúnebre na Alemanha

O vice-diretor do Departamento para a Proteção e Desenvolvimento de Recursos de Caça da região de Vologda, Serguei Starostin, escreveu uma carta ao governador da região, Viacheslav Pozgalev, contando o ocorrido e acusando os administradores locais de terem "sacrificado" um urso amestrado para realizar a caçada real.

"O urso foi enfiado numa caixa e transportado até o local da caçada. Depois, deram vodca misturada com mel a ele. O animal bêbado virou um alvo fácil. Sua majestade Juan Carlos matou Mitrofan (o nome do urso) com o primeiro tiro", contou Starostin, sem especificar que o rei da Espanha estava a par dessa "falsificação" organizada pelo primeiro vice-governador da região, Serguei Gromov, e o chefe do serviço local da Andrei Filatov.

Starostin recordou outros casos de "caça falsificada" preparados por esses dirigentes para receber hóspedes importantes, usando animais domesticados como vítimas, principalmente lobos e linces.

A administração da região de Vologda não quis comentar estas informações.

AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »