Londres reúne 250 para masturbação coletiva

05 de agosto de 2006 • 19h26 • atualizado às 19h56

Um grupo de 250 pessoas participou hoje em Londres de um processo de masturbação coletiva com o objetivo de arrecadar fundos para grupos voltados para a educação sexual.

O evento, organizado com a ajuda da agência de saúde sexual Marie Stopes International, foi realizado em um estúdio fotográfico do bairro de Clerkenwell, no centro da capital britânica. O organizador, Tony Kerridge, disse hoje que se sentiu aliviado por não haver protestos contra a "maratona" de masturbações.

No interior do estúdio havia quartos individuais para os participantes do evento, que ganhou o título de "Wank-A-Thon" e foi inspirado em outro similar que acontece a cada cinco anos em San Francisco (EUA) denominado "Masturbate-A-Thon".

A companhia de produção independente "Zig Zag" foi encarregada de filmar as 250 pessoas para um documentário que será transmitido no final do ano pelo "Canal 4" da televisão britânica.

Um dos participantes, Neil Crawforth, de 28 anos, disse que deixou a mulher em Cambridge (sudeste da Inglaterra) para vir a Londres e fazer algo com fins benéficos.

"Não sou um bom nadador e não consigo correr bem, mas isto é algo que posso fazer por beneficência", disse Crawforth.

EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »