De topless, 30 escandinavas causam alvoroço na Albânia

28 de julho de 2006 • 14h35 • atualizado às 14h35

A polícia albanesa foi surpreendida quando um grupo de 30 mulheres escandinavas tiraram a parte de cima do seu biquíni em uma praia do país. As belas mulheres causaram alvoroço no local, chamando atenção das autoridades.

"A polícia só ficou olhando. Não sabiam se comunicar com as turistas, já que nem inglês elas falavam", escrever um jornal da cidade de Sarande. Mães albanesas retiraram seus filhos do local e uma série de outros visitantes reclamaram às autoridades.

As escandinavas se retiraram depois de duas horas, quando seu guia as informou que topless era proibido no país.

Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »