Papai Noel lucra ao demitir "duendes" em parque na Lapônia

20 de junho de 2006 • 14h24 • atualizado às 16h06

O Papai Noel virou um sucesso em seu parque temático na Lapônia pela primeira vez depois do corte nos custos, o que incluiu a demissão dos últimos três funcionários que trabalhavam como duendes em tempo integral.

O Santa Park (Parque de Papai Noel), localizado na cidade de Rovaniemi, em pleno Círculo Ártico, onde as crianças podem conversar com o bom velhinho e alimentar as renas, oferecia mágica, mas poucos lucros até agora.

"Mudamos nossa filosofia", disse Wille Rajala, diretor do Santa Park, que foi criado em 1998. "Não abrimos todos os dias, mas sim durante alguns meses no inverno e em alguns meses no verão."

A empresa, pertencente ao governo finlandês, ao Departamento de Turismo da Lapônia e à cidade de Rovaniemi, agora emprega entre 20 e 25 pessoas, incluindo os duendes, mas em regime estritamente temporário. O Santa Park disse ter lucrado 60.758 euros (US$ 76.490) nos últimos 14 meses até abril, com um aumento de 8% nas vendas para 1,4 milhão de euros.

Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »