Pedófilos criam partido político na Holanda

30 de maio de 2006 • 09h08 • atualizado às 09h08

Pedófilos holandeses estão lançando um partido político para pressionar por uma diminuição na idade legal para se manter relações sexuais no país, de dezesseis anos para doze anos. Eles também querem a legalização da pornografia infantil e do sexo com animais.

O partido Caridade, Liberdade e Diversidade (NVD, na sigla em holandês) disse, em sua página na Internet, que seria oficialmente registrado na quarta-feira, prometendo: "Vamos sacudir Haia!"

A legenda quer diminuir a idade legal para relações sexuais para os doze anos e, eventualmente, derrubar completamente o limite.

"A proibição serve apenas para deixar as crianças curiosas", disse Ad van den Berg, um dos fundadores do partido, ao jornal Algemeen Dagblad (AD).

"Queremos transformar a pedofilia no objeto de nossa discussão", afirmou, acrescentando que o assunto é um tabu desde o escândalo de abuso infantil de Marc Dutroux, em 1996, na Bélgica. "Fomos silenciados. A única maneira (de falar sobre isso) é no Parlamento".

A Holanda já tem políticas liberais sobre o uso de drogas leves, prostituição e casamento gay, mas o NVD não deve conseguir muito apoio, acreditam especialistas citados pelo jornal AD.

A plataforma do partido inclui a legalização da posse privada de pornografia infantil e da transmissão de pornografia na televisão, durante o dia. Para o NVD, crianças ainda muito pequenas deveriam ter educação sexual e jovens a partir dos 16 anos deveriam ter permissão para aparecer em filmes pornográficos e para se prostituir.

O sexo com animais — mas não seu abuso — também deveria ser permitido.

O partido também diz que todos deveriam ter permissão para ficar nus em público.

Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »