EUA: empresário cria site pornô com fotos do rival

04 de abril de 2006 • 08h33 • atualizado às 08h46

Dois empresários do Estado de New Hampshire, nos EUA, foram à Justiça resolver o destino de um site que mostra na Internet montagens fotográficas pornográficas. Richard Boucher, dono da loja Móveis Boucher´s, em Milford, reconheceu ter criado um site que mostrava uma foto do rosto de Nick D´Augustine superposta em uma fotografia pornográfica e uma outra, também editada, com a cabeça da D´Augustine ligada a um pênis.

Os ex-sócios disseram que a briga atual começou no mês passado. Boucher disse que o adversário "mereceu" o site ofensivo por anunciar preços muito baixos em ítens similares aos que estão à venda em sua loja.

D´Augustine foi à polícia quando Boucher lhe passou um link para o site. As autoridades disseram que não há nada que possam fazer, porque os insultos eletrônicos de Boucher não são ilegais. "Estou exercendo a minha liberdade de expressão", disse Boucher.

Boucher disse que pode ter agido de maneira errada, mas estava apenas "acertando as contas" com D´Augustine, dono da loja de móveis Oak, em Amherst, a quem ele acusa de tentar arruinar seu negócio. "Tudo o que fiz no site da Web, foi apenas uma resposta a uma ofensa dele. Meu erro, aliás, foi ter parado por aí", disse Boucher.

D´Augustine levou Boucher ao tribunal para tentar tirar do ar o site que estava causando a ele stress e prejuízos. "O site está destruindo minha vida, as pessoas me telefonam para perguntar se eu faço aquelas coisas na loja", diz.

Um juiz deu, no final da semana passada, uma ordem temporária exigindo que Boucher tirasse o site do ar e não realizasse mais nenhuma ação na Internet envolvendo D´Augustine. Boucher mudou o site ainda na última semana. Os dois reuniram-se para outra audiência nesta segunda-feira.

Boucher disse ter registrado diversos nomes de domínios na Internet no ano passado, usando o nome da empresa de D´Augustine. Na época, os dois eram sócios em uma loja recém aberta. Ele não pôs os domínios no ar até que a loja fechou e os dois separaram-se em meio a brigas sobre dívidas e problemas no negócio.

AP - Copyright 2007 Associated Press. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »