1 evento ao vivo

Ondas de tsunami gerado por terremoto alcançam cidade japonesa

11 mar 2011
04h24
atualizado às 09h54

O terremoto de 8,9 graus na escala Richter que sacudiu o nordeste do Japão nesta sexta-feira gerou um tsunami que alcançou áreas da cidade de Sendai, onde imagens da emissora de TV local mostram que a água arrastou carros e atingiu edifícios.

Por enquanto, não foi emitido nenhum boletim informando sobre vítimas fatais do tremor, um dos mais fortes dos últimos anos no Japão. A Agência Meteorológica do Japão tinha alertado sobre ondas de até seis metros na província de Miyagi, onde segundo a Polícia local, citada pela agência local Kyodo, há "vários feridos".

A emissora nacional NHK mostrou imagens do aeroporto de Sendai com as pistas totalmente inundadas, ao tempo que se observaram ondas de até 10 metros no porto da cidade.

O alerta de tsunami se estendeu a toda a costa oriental do Pacífico do Japão e às províncias de Miyagi e Iwate - outra das mais afetadas -, onde os habitantes que se encontram perto do litoral foram orientados a se dirigir para terrenos elevados.

O terremoto também causou vários incêndios, entre eles um de grandes proporções em uma refinaria na província de Chiba, contudo sem relatos sobre vítimas.

O forte terremoto, que ocorreu às 14h46 da hora local (2h46 de Brasília), foi seguido até o momento por outros seis tremores avaliados entre 6,3 e 7,1 graus, segundo o site do Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS).

"Anel de fogo do Pacífico"
O Japão, situado no "anel de fogo do Pacífico", sofre frequentes terremotos, que raramente causam vítimas devido às rígidas normas de construção vigentes no país.

Após o terremoto que ocorreu há dois dias, a Agência Meteorológica japonesa advertira que durante uma semana poderia haver réplicas, embora tenha sido estimado que a intensidade máxima seria de 4, pela escala japonesa.

Água invade cidades nesta sexta-feira após o terremoto
Água invade cidades nesta sexta-feira após o terremoto
Foto: AP
EFE   
publicidade