inclusão de arquivo javascript

 
 

Empresário italiano premia Lula em evento em São Paulo

28 de novembro de 2012 00h41 atualizado às 01h22

Lula brincou com Sophia Loren, presente no evento. Foto: AP

Lula brincou com Sophia Loren, presente no evento
Foto: AP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi homenageado durante a cerimônia de apresentação do calendário Pirelli 2013, na noite desta terça-feira, no Rio de Janeiro. Lula recebeu um prêmio das mãos do presidente da Pirelli, Marco Tronchetti Provera, por seu trabalho à frente do governo brasileiro entre 2003 e 2011.

Em seu discurso, o petista avaliou os avanços econômicos e sociais que o país experimentou nos últimos anos e que fizeram o Brasil mais "respeitado no mundo".

"O Brasil não desperdiçará o século 21, como fez com o 20", afirmou Lula, que foi calorosamente aplaudido pelos cerca de 600 convidados, em sua maioria do mundo do espetáculo e dos negócios.

Bem-humorado, Lula também elogiou Sophia Loren, a maior estrela da noite, ao dizer que os jovens "não tiveram o privilégio" de vê-la no cinema.

O ex-presidente foi um dos últimos convidados a chegar à festa, celebrada no Píer Mauá, e desviou a atenção até mesmo dos famosos estrangeiros presentes, como Sophia Loren e o ator Owen Wilson, que pediu para tirar uma foto com o ex-presidente no meio do jantar.

Lula estava sentado na mesa de honra, que compartilhou com o magnata Eike Batista. O ator Rodrigo Santoro foi o mestre de cerimônias da noite, que teve apresentações dos cantores Carlinhos Brown e Marisa Monte.

A festa tinha como motivo a apresentação do calendário Pirelli, que em sua edição de 2013 foi realizada pelo fotógrafo de guerra Steve McCurry.

EFE
EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.