Fale conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!

 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email
Viver no Exterior
Terça, 14 de novembro de 2006, 14h59 
Universidades dos EUA têm inscrições abertas para estrangeiros
 
 Últimas de Viver no Exterior
» Risco de incêndios deixa Austrália novamente em alerta
» África e Irlanda são alternativas para intercâmbio
» EUA flexibilizam visto estudantil para intercâmbio
» Embaixada dos EUA funcionam parcialmente na terça
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Cerca de 70 universidades americanas estão com inscrições abertas para bolsas de estudos a alunos estrangeiros. Os interessados devem enviar sua documentação até 30 de novembro para a IDEA (International Doorway to Education & Athletics).

O estudante deverá reunir histórico escolar (em inglês), currículo e cartas de recomendação de duas escolas. Também passará por testes de redação e exames médico e de Inglês (Toefl), mas não é necessária fluência no idioma.

Em 20 dias, o candidato receberá as propostas de bolsas das universidades. Desde 1997, todos os 1500 estrangeiros inscritos - com a documentação em dia - receberam mais de uma oferta de bolsa. Mais de 300 já se formaram.

O programa também oferece bolsas atléticas para os estudantes que querem praticar algum esporte enquanto estudam. As universidades americanas têm valorizado jogadores de basquete e futebol, mas há outras opções de modalidade. As inscrições para estas bolsas podem ser feitas até maio de 2007.

Tanto no programa acadêmico quanto no atlético, o aluno pode escolher qualquer carreira, exceto Medicina e Direito, cujos diplomas americanos não valem para o exercício destas profissões no Brasil.

O grande atrativo destas bolsas é o custo, subsidiado pelo governo americano. Enquanto um aluno americano paga cerca de US$ 30 mil por ano nestas universidades, os estrangeiros podem pagar uma anuidade de US$ 7 mil a US$ 9,5 mil.

Este valor corresponde a R$ 1,5 mil por mês, um preço similar ou até inferior ao de várias faculdades particulares no Brasil. Com a vantagem de que os bolsistas ainda têm direito a refeições e moradia na universidade americana que escolherem e a trabalhar legalmente nos Estados Unidos, fora a experiência de se formar naquele país.

Os interessados devem entrar em contato com a representante da International Doorway no Brasil e em Portugal, Maria Izabel Braghini (ibraghini@internationaldoorway.org).

A taxa de inscrição para as bolsas acadêmicas é de US$ 1,6 mil. Para o programa atlético, o valor é de US$ 3 mil, que podem ser parcelados. Em ambos os casos, as ofertas de bolsas são garantidas pela International Doorway.
 

Redação Terra