2 eventos ao vivo

Testemunha do massacre nos EUA diz que atentado foi "cena de terror"

(Atualiza com mais detalhes) Um morador da cidade americana de Aurora, periferia de Denver, no Colorado, que estava com amigos em uma sala de cinema ao lado de onde ocorreu o massacre desta madrugada, contou que viveu uma "cena de terror" e que a multidão que estava no local temia que houvesse mais de um atirador.

Segundo Ben Fernández, logo após escutar os primeiros disparos, ele e seus amigos saíram do cinema. De acordo com a testemunha, do lado de fora do prédio já havia policiais tentando entrar no local, além de muitos dedicados a socorrer as vítimas.

"Ao sair, vi uma menina com ferimentos na perna e na barriga, provavelmente provocados pelos disparos. Vi mais gente ferida. Foi um caos total. As pessoas gritavam ''meu amigo foi baleado'' ou ''minha irmã foi baleada''", disse Fernández. "Vi muita gente coberta de sangue. Não sabia como reagir".

Segundo a testemunha, alguns policiais arrastavam corpos de vítimas, enquanto outros ajudavam os feridos que podiam caminhar.

"Fiquei com muito medo. Estávamos em outra sala, mas poderíamos estar na sala onde tudo começou", afirmou Fernández.

"Estou feliz que não tenha acontecido nada comigo, com minha irmã e com meus amigos. Mas gostaria de saber se a menina que vi ferida está bem", comentou.

O homem que realizou o massacre foi detido. Seu nome é James Holmes, um jovem de 24 anos, natural do estado do Tennessee, confirmou um agente do FBI para a imprensa local. EFE

fm/ff/ma

EFE   

compartilhe

publicidade