0

Terremoto mata mais de 100 em ilhas da Oceania

29 set 2009
15h38
atualizado em 30/9/2009 às 00h19
  • separator
  • comentários

Mais de 100 pessoas morreram em decorrência de um terremoto de magnitude 8 graus da escala Richter que atingiu a região de Samoa Americana e Samoa, na Oceania, nesta terça-feira, segundo informações da agência Reuters . Vilarejos foram destruídos e carros foram arrastados. Centenas de pessoas que vivem no arquipélago do Pacífico foram afetadas pelas fortes ondas que se formaram durante um tsunami.

Um barco da marina Malaloa foi arrastado para próximo de uma estrada na vila de Fagatogo, em Samoa
Um barco da marina Malaloa foi arrastado para próximo de uma estrada na vila de Fagatogo, em Samoa
Foto: AP

Na região de Samoa Americana, território dos Estados Unidos, o registro oficial de mortos chegou a 14 pessoas.

O subdiretor do centro, Ausegalia Mulipola, disse ao canal australiano ABC que os serviços de resgate começaram a buscar corpos e sobreviventes, embora a tarefa seja difícil por grande parte do sistema de telecomunicações estar danificado.

Ao anunciar o fenômeno, o Centro Geológico dos Estados Unidos informou que o terremoto teve magnitude de 7,9 graus, mas logo corrigiu a informação para 8. O epicentro foi registrado a cerca de 190 km a noroeste de Hihifo, em Tonga, e 200 km ao sudoeste de Ápia, em Samoa, segundo informações da agência EFE .

O terremoto causou ondas de até de três metros em diferentes zonas da região, onde, por enquanto, a ilha mais afetada é a de Upolu, em Samoa Ocidental, segundo fontes policiais locais citadas pela Rádio Nova Zelândia . O Instituto Geológico dos EUA tinha emitido um alerta de tsunami para o Pacífico, dirigido, em particular, a Nova Zelândia, ilhas Fiji, Polinésia francesa e Tonga.

O tsunami provocou ondas de 1,6 metro acima do nível normal na Samoa Americana, segundo o Centro de Alerta para Tsunamis do Pacífico Ocidental, no Havaí, o que desencadeou o alerta para que as pessoas de toda a região se refugiassem em terrenos altos.

As ilhas Cook e a vizinha Niue também entraram em alerta, mas não houve relatos imediatos de danos em ambas. Dezenas de milhares de pessoas vivem ao nível do mar nessa região.

O alerta de tsunami para o Havaí já foi suspenso.

Os terremotos pouco profundos tendem a causar mais danos que outros com epicentro a muitos quilômetros sob a terra. O fenômeno de hoje foi registrado a 50 km de profundidade - distância relativamente baixa. Em 2004, um terremoto no Oceano Índico gerou um tsunami que matou dezenas de milhares de pessoas na Ásia.

Em Samoa independente, a maioria das mortes foi na localidade de Lalomanu, no litoral leste da ilha de Upolu, onde quase todas as aldeias foram destruídas pelo forte abalo.

Com agências internacionais

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade