0

Presidente Ortega pede luta contra pobreza na Nicarágua

16 set 2012
00h55
atualizado às 02h55

O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, pediu neste sábado aos nicaraguenses para lutar contra a pobreza e o analfabetismo, no marco do 191º aniversário da independência da América Central da Coroa espanhola.

Durante um ato oficial realizado na Praça da Revolução, no antigo centro de Manágua e para milhares de estudantes, Ortega disse que agora é preciso lutar para derrubar o analfabetismo, a extrema pobreza, e para melhorar as condições nas zonas rurais. São consideradas pobres na Nicarágua as pessoas que vivem com US$ 1,88 por dia, e pobres extremos os que vivem com US$ 0,93 por dia.

Durante o ato, Ortega tomou o juramento da bandeira dos estudantes e lembrou os próceres da independência. Neste 15 de setembro a América Central lembra sua independência da Coroa espanhola, em 1821.

A Nicarágua, além disso, comemorou ontem os 156 anos da Batalha de São Jacinto, considerada a segunda independência do país. Esta batalha aconteceu na fazenda São Jacinto, 42 km ao norte de Manágua, onde o general José Dolores Estrada, comandando 180 patriotas, derrotou as tropas do americano William Walker, que pretendia se apoderar da América Central.

EFE   

compartilhe

publicidade