1 evento ao vivo

Panamá investiga barco norte-coreano que levaria mísseis a Cuba

16 jul 2013
23h52
atualizado em 17/7/2013 às 00h54
  • separator
  • comentários

O Panamá está buscando apoio internacional para estabelecer a natureza exata de um carregamento militar não declarado que, segundo o governo, foi descoberto dentro de um barco com a bandeira da Coreia do Norte capturado pelas autoridades do país.

As imagens reproduzidas na televisão local mostraram parte das armas achadas, uns artefatos grandes e alongados de cor verde, arrematados com uma ponta cônica, que estavam ocultos sob as lonas
As imagens reproduzidas na televisão local mostraram parte das armas achadas, uns artefatos grandes e alongados de cor verde, arrematados com uma ponta cônica, que estavam ocultos sob as lonas
Foto: EFE

De acordo com as autoridades locais, o navio Chong Chon Gang, procedente de Cuba, foi detido quando se aproximava do Canal do Panamá com armas não declaradas.

"Estamos fazendo contatos com governos amigos que tem a capacidade tecnológica para poder examinar isso", disse o ministro da Segurança, José Raúl Mulino, à BBC.

O governodo Panamá diz que a embarcação contrabandeava "um equipamento sofisticado de mísseis" através do canal.

Sanções da ONU impedem que a Coreia do Norte exporte e importe armas. No caso das importações, apenas armamentos leves são permitidos.

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
  • separator
  • comentários
publicidade