0

"Não posso acreditar que sobrevivemos a isto", diz moradora de Oklahoma

Passagem de tornado por Oklahoma deixou mais de 90 mortos, incluindo 20 crianças

21 mai 2013
09h16
atualizado às 09h47
  • separator
  • 0
  • comentários

Os americanos que sobreviveram ao tornado que devastou uma área do subúrbio de Oklahoma City (Oklahoma, sul dos EUA) descreveram a luta para encontrar refúgio e depois sair dos escombros para observar a destruição.

Nathan Ulepich observa os destroços de sua casa em Moore
Nathan Ulepich observa os destroços de sua casa em Moore
Foto: AFP

As sirenes soaram quando o fenômeno se aproximava de Moore, cidade de 55 mil habitantes, nas proximidades de Oklahoma City, na tarde de segunda-feira, mas ninguém antecipava a capacidade de destruição do tornado, que deixou mais de 90 mortos, sendo 20 crianças.

Uma mulher com o rosto repleto de arranhões, que se identificou apenas como Elizabeth, descreveu ao canal local KFOR-TV que acelerou pela estrada para tentar chegar em casa e salvar seu cão, Ginger.

Uma vez em casa, ela entrou em uma banheira com o animal, repleta da almofadas, enquanto o tornado destruía tudo em sua passagem. Depois ela viu apenas a residência transformada em escombros. "Não posso acreditar que sobrevivemos a isto", disse Elizabeth, que segurava a coleira do cão, que aparentemente saiu ileso do trauma.

Lando Hyde, que trabalha em um estábulo, também pensou primeiro nos animais: corri para soltar os cavalos antes de procurar abrigo. O tornado destruiu os estábulos e jogou uma caminhonete sobre o local. "Era realmente ensurdecedor e dava para ver as coisas voando por todas as partes", disse.

O tornado, com ventos entre 260 e 320 km/h, destruiu pelo menos duas escolas, incluindo a escola primária Plaza Towers, onde morreram pelo menos sete crianças. Um aluno do sexto ano chamado Brady contou à CNN como ele e os colegas buscaram refúgio nos banheiros com os professores, mas depois foram rapidamente retirados por um possível vazamento de gás.

Os esforços de resgate começaram quase imediatamente, enquanto os aterrorizados moradores corriam em todas as direções sobre as casas destruídas para procurar sobreviventes. As buscas prosseguiram durante toda a noite e o balanço de 91 mortes deve aumentar.

O estado de Oklahoma fica no chamado "Vale dos Tornados", uma vasta região que vai de Dakota do Sul ao Texas. A cidade de Moore já havia sido destruída parcialmente em maio de 1999, quando um tornado matou 41 pessoas.

Os moradores estavam em choque com o rastro de destruição do tornado de segunda-feira. "Quando cheguei em casa, percebi que não restava nada dela", disse uma mulher não identificada ao canal CNN. "A frente ainda está de pé, mas a parte de trás desapareceu. Meu banheiro está, honestamente, intacto. Perdemos os animais. Perdemos tudo", disse.

Steve Wilkerson também perdeu a casa, mas disse que está agradecido pela família ter sobrevivido. "Vou me recuperar. Vou seguir adiante. Só quero sentar e chorar, mas tenho que ser forte e seguir adiante", disse.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade