0

Sexo "ilícito" causa mais terremotos, diz aiatolá iraniano

17 abr 2010
10h50
atualizado às 11h11

O aumento de relações sexuais ilícitas é a causa do aumento dos terremotos, segundo o aiatolá Kazem Sedighi, imã das orações de sexta-feira em Teerã, citado neste sábado pelo jornal iraniano Aftab. "As catástrofes naturais são o resultado de nosso próprio comportamento", declarou Sedighi.

"Muitas mulheres mal vestidas" (que não respeitam a roupa islâmica) "corrompem os jovens, e o aumento das relações sexuais ilícitas faz crescer o número de terremotos", declarou. Os religiosos conservadores denunciam regularmente o desrespeito ao rígido código de vestimentas islâmico de parte das jovens iranianas, principalmente em Teerã e nas grandes cidades do país.

"Não temos outra opção a não ser nos conformarmos com as regras do Islã", afirmou o aiatolá Sedighi, lembrando as recentes declarações do presidente Mahmud Ahmadinejad que havia advertido para os riscos de um terremoto em Teerã.

Sedighi também afirmou que "um esforço coletivo é necessário" para solucionar os problemas da sociedade provocados pelo "aumento da idade do casamento e pelo número de divórcios".

Veja também:

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade