0

Seis supostos membros da Al-Qaeda são mortos no Iraque

Outros 10 supostos integrantes da organização terrorista foram presos na mesma operação

5 ago 2013
16h04
atualizado às 16h31
  • separator
  • 0
  • comentários

O Exército iraquiano matou seis homens armados suspeitos de ligação com a rede terrorista Al-Qaeda durante uma operação realizada nesta segunda-feira no norte de Bagdá, enquanto dois soldados e sete civis morreram numa série de ataques, segundo fontes oficiais.

"Os confrontos contra membros da Al-Qaeda terminaram com a morte de seis e a captura de dez, enquanto dois carros e três motos-bomba foram apreendidos", informou o general Abdulamir al-Zaidi, que comanda as forças armadas da região norte. O episódio ocorreu nas proximidades da da cidade de Suleiman Beik, cerca de 150 km ao norte de Bagdá.

Segundo o general, um soldado também foi morto na explosão de um carro-bomba. Al-Zaidi escapou por pouco de uma explosão que matou nove membros de sua equipe no último sábado. "Dois carros e três motos preparadas para explodir também foram apreendidas", disse o militar.

A cidade de Suleiman Beik foi brevemente ocupada em abril por grupos sunitas armados que protestavam contra o tratamento dado a sua comunidade pelas forças do governo.

Pelo menos sete civis também morreram nesta segunda-feira na região de Hilla, em Bagdá. Em Mossul, norte do país, um soldado foi morto e cinco ficaram feridos numa explosão de carro-bomba. A polícia anunciou a prisão de 18 pessoas suspeitas de atividade terrorista e a apreensão de explosivos em Mossul.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade