1 evento ao vivo

Rússia diz que oposição síria não deveria impor condições para o diálogo

20 mai 2013
18h28

O chanceler russo, Sergei Lavrov, disse nesta segunda-feira que é crucial que a oposição síria participe de negociações de paz sem pré-condições, em uma aparente referência à exigência de que o presidente sírio, Bashar al-Assad, se afaste do poder.

Lavrov também reiterou que o Irã deverá ser convidado para a conferência que a Rússia e os Estados Unidos decidiram tentar organizar na busca por uma solução para um conflito que começou há dois anos e já matou estimadas 80 mil pessoas.

Ele disse também que não pode haver pressa na realização da conferência.

"É importante colocar as coisas principais em primeiro lugar, e nesse sentido estou convencido de que o cronograma é a última coisa que deveria ser decidida, quando as coisas mais importantes já estiverem acertadas", afirmou ele após receber visita do secretário-geral do Conselho da Europa, Thorbjorn Jagland.

"O principal é assegurar a concordância dos grupos da oposição em participar na conferência sem condições preliminares", disse Lavrov em entrevista coletiva. Segundo ele, os governos ocidentais devem pressionar os inimigos de Assad para que não exijam "coisas não-realistas".

(Reportagem de Denis Dyomkin)

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
publicidade