PUBLICIDADE

Regime de Assad pedirá cessar-fogo em conferência, diz ministro sírio

Qadri Jamil afirmou ao jornal 'The Guardian" que a guerra civil síria chegou a um impasse e que nem governo nem oposição terão como superá-lo

19 set 2013 16h37
| atualizado às 17h59
ver comentários
Publicidade
Ruínas de Aleppo, a maior cidade da Síria, em foto de grupo da oposição, feita no dia 19 de setembro
Ruínas de Aleppo, a maior cidade da Síria, em foto de grupo da oposição, feita no dia 19 de setembro
Foto: AP

O regime sírio pedirá um cessar-fogo, caso seja realizada uma nova conferência internacional, a chamada Genebra 2, declarou o vice-primeiro-ministro sírio de Relações Econômicas, Qadri Jamil, ao jornal britânico The Guardian, em entrevista publicada on-line nesta quinta-feira.

Segundo Jamil, o conflito entre o regime e os rebeldes chegou a um "impasse", e nenhuma das duas partes tem os meios para superá-lo. Ao ser perguntado sobre o que seu governo poderia propor na cúpula Genebra 2, o vice-premiê afirmou: "O fim da intervenção estrangeira, um cessar-fogo e o lançamento de um processo político de paz".

"Nem a oposição armada nem o regime são capazes de derrotar um ao outro. (...) Esse balanço-zero de forças não mudará por um bom tempo", disse Jamil na primeira indicação do governo de que não há maneira de vencer a guerra civil síria por meio das armas.

"Um fim à intervenção externa, um cessar-fogo e o início de um processo político pacífico de modo que o povo sírio possa desfrutrar de autodeterminação em internvenção vinda de fora e de um modo democrático", disse Jamil sobre o que os representantes de Assad pretendem reivindicar em Genebra II.

"O paradoxo, agora, é que os Estados Unidos estão tentando dar ao Conselho Nacional Sírio o papel de protagonista. Nós estamos cansados dessa visão monopolista", desabafou o ministro sírio em relação ao que Damasco considera ser a postura americana de conceder aos opositores a tarefa da construção de uma eventual Síria pós-Assad.

A reportagem da conversa do Guardian com Jamil está aqui (texto em inglês).

Guerra civil em fotos Conteúdo exclusivo
AFP AFP

O Terra compilou alguns dos principais materiais fotográficos disponibilizados ao longo destes mais de dois anos de guerra na Síria. Cada imagem leva a uma galeria que conta um episódio específico ou remete a uma situação importante do conflito.

Acompanhe a cobertura exclusiva do Terra através dos jornalistas Tariq Saleh e Mauricio Morales. Sediado no Líbano, Saleh conversou com sírios, visitou refugiados e ouviu analistas. Enviado especial, Morales passou dias com rebeldes.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade