PUBLICIDADE

Presidente de Líbano está inquieto pelas ameaças israelenses

8 fev 2010 16h32
| atualizado às 16h33
Publicidade

O presidente do Líbano, Michel Sleimane, afirmou nesta segunda-feira estar preocupado com as advertências israelenses ao Hezbollah e à Síria, afirmando que essas ameaças não podem seguir sendo superficiais. "O mundo sabe atualmente que as ameaças israelenses contra o Líbano não podem ser levianas", disse o presidente libanês em um comunicado.

"Ninguém no Líbano respondeu às ameaças nem disse que vai atacar Israel", acrescentou, afirmando que "Israel não tem nenhuma desculpa para um ataque". Dirigentes israelenses advertiram nas últimas semanas que todo ataque por parte do Hezbollah libanês receberia uma resposta severa.

O Hezbollah não se pronunciou. Um conflito armado em 2006 colocou Israel contra o Hezbollah, causando mais de 1.200 mortos do lado libanês, na maioria civis, e 160 do lado israelense, em maioria militares.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade