Polícia saudita detém mulher que dirigia em companhia do marido

atualizado às 12h38
  • comentários

Uma mulher de cidadania turca que dirigia um carro em companhia de seu marido foi detida na cidade de Sihat, no leste da Arábia Saudita, onde é proibido que mulheres conduzam veículos, informa neste sábado em seu site o jornal local Al Sharq .

A publicação, que cita uma fonte policial da província oriental de Al Qatif, disse que, no momento da detenção, o marido, que é saudita, explicou que estava ensinando sua esposa, de 40 anos, a dirigir.

Os agentes pediram ao marido que fosse à sede do departamento de trânsito para abrir uma investigação. É provável que as autoridades liberem a mulher depois que seu marido se comprometa a não repetir o fato que alegou.

A Arábia Saudita é governada por uma monarquia com poderes absolutos, e no país rege uma estrita interpretação da "sharia", ou lei islâmica, que impõe a segregação de sexos em espaços públicos. As mulheres não podem dirigir ou sequer viajar para fora do país desacompanhadas de um homem da família, entre outras restrições.

EFE    

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade