1 evento ao vivo

Otan pede para Síria deixar ONU investigar uso de armas químicas

14 jun 2013
06h22
atualizado às 06h42
  • separator
  • 0
  • comentários

O secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, pediu nesta sexta-feira que as autoridades sírias permitam que a ONU investigue o uso de armas químicas por parte do regime.

"Apela que o regime sírio deixe a ONU investigar o uso de armas químicas", afirmou Rasmussen em sua conta do Twitter, depois que na quinta-feira os Estados Unidos afirmaram pela primeira vez que o regime sírio utilizou armas químicas em ataques que deixaram até 150 mortos.

"O uso de armas químicas por parte da Síria é completamente inaceitável e constitui uma violação do direito internacional", afirmou Rasmussen, acrescentando que isto era motivo de grande inquietação.

Também afirmou que os mísseis Patriot mobilizados na fronteira entre Síria e Turquia "garantirão uma proteção eficaz à Turquia contra qualquer ataque de mísseis sírios, químicos ou não".

A Casa Branca acusou na quinta-feira o presidente sírio, Bashar al-Assad, de ter utilizado armas químicas, incluindo gás sarin, e anunciou um apoio militar aos rebeldes, sobre o qual não forneceu detalhes.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade