2 eventos ao vivo

Oposição síria declara catástrofe em cidade atacada pelo governo

23 mai 2013
07h04
atualizado às 08h34
  • separator
  • 0
  • comentários

A Coalizão Nacional Síria (CNFROS) declarou nesta quinta-feira como "zona catastrófica" a cidade de Halfaya, na situada província de Hama, depois que as forças do regime do presidente Bashar Al-Assad matassem 15 cidadãos, além de destruir inúmeras casas, em uma intensa ofensiva.

Em comunicado, a aliança opositora explicou que as tropas do regime entraram nesta cidade, situada a 80 quilômetros ao norte de Al Quseir, após duas semanas de ataques e duros bombardeios.

Os Shabiha, ou milicianos pró-governo, saquearam várias casas e assassinaram os moradores da região, além de terem queimado 40% dos imóveis, acrescenta a nota. Após estes fatos, a CNFROS decidiu declarar Halfaya como uma zona catastrófica e, por isso, necessitará de ajuda externas para ser reconstruída.

A coalizão lembrou que este ataque coincide com a ofensiva lançada pelas forças do regime, apoiadas por milicianos do grupo xiita libanês Hezbollah, segundo a oposição, contra o estratégico povoado de Al Quseir, que segue intensa. Ontem, ativistas e grupos da oposição denunciaram a execução sumária de civis em Halfaya pelas mãos de soldados do regime.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade