1 evento ao vivo

ONU se reúne para discutir conflito entre Líbano e Israel

3 ago 2010
13h45
atualizado às 14h07

O Conselho de Segurança da ONU reúne-se nesta terça para tratar a troca de fogo entre os Exércitos de Israel e Líbano na fronteira entre os dois países, no qual morreram quatro libaneses e um militar israelense, informouo organismo oficial.

Soldado israelense ferido é levado de maca para ser transferido em helicóptero-ambulância, em Kiryat Shmona
Soldado israelense ferido é levado de maca para ser transferido em helicóptero-ambulância, em Kiryat Shmona
Foto: Reuters

"O subsecretário-geral da ONU para Operações de Paz, Alain Le Roy, se reuniu com os membros do Conselho para informar-lhes do enfrentamento", explicou em entrevista coletiva o porta-voz do organismo, Martin Nesirky.

O Governo do Líbano, que ocupa atualmente um dos dez postos não-permanentes do Conselho de Segurança, pediu à comunidade internacional que pressione Israel para que respeite a resolução 1.701, que há quatro anos pôs fim ao conflito entre o Exército israelense e o grupo xiita Hisbolá.

As autoridades israelenses afirmaram que consideram o choque de hoje "uma flagrante violação" dessa resolução adotada pelo Conselho em agosto de 2006, que ordenou o reforço da Força Interina da ONU no Líbano (Finul) para supervisionar o fim das hostilidades.

Pelo menos três soldados libaneses e um jornalista morreram e outras três pessoas ficaram feridas na troca de tiros de hoje, que começou quando um grupo de soldados israelenses quis derrubar árvores situadas na chamada cerca técnica.

Esta marca está instalada do lado israelense da fronteira e localizada antes da "linha azul", marcada pela ONU para certificar a retirada israelense do sul do Líbano em maio de 2000, após 22 anos de ocupação.

O Exército israelense informou que um tenente-coronel morreu e um capitão ficou gravemente ferido no conflito de hoje.

EFE   

compartilhe

publicidade