PUBLICIDADE

Irã implanta acordo e suspende enriquecimento de urânio a 20%

20 jan 2014 08h27
| atualizado às 09h40
ver comentários
Publicidade

O Irã suspendeu nesta segunda-feira seu enriquecimento de urânio a 20% no âmbito do acordo concluído com as grandes potências, anunciou um funcionário de alto escalão da organização nuclear iraniana.

"Em conformidade com a implementação do plano de ação conjunto em Genebra, o Irã suspendeu a produção de urânio enriquecido a 20% na presença de inspetores da Agência (Internacional de Energia Atômica) da ONU nas instalações de Natanz e Fordo", declarou à agência oficial IRNA o diretor-geral para a Organização da Energia Atômica Iraniana, Mohamad Amiri.

"O processo de dissolução e de transformação da reserva de 196 quilos de urânio a 20% em óxido também começou", acrescentou.

As conexões entre as cascatas (de centrífugas) em Natanz e Fordo foram fechadas e as centrífugas produzirão a partir de agora urânio enriquecido a 5%, disse Amiri, ressaltando que as operações foram realizadas na presença de Massimo Aparo, que dirige a equipe de inspetores da AIEA.

O acordo alcançado no dia 24 de novembro em Genebra por Teerã e pelo grupo 5+1 - Estados Unidos, Rússia, China, França, Reino Unido e Alemanha - prevê a limitação do enriquecimento de urânio em troca de um levantamento parcial das sanções ocidentais.

"Se o Irã constatar que a outra parte não respeita sua parte no acordo, voltará a colocar rapidamente seu programa nuclear pacífico em sua fase inicial", advertiu Mohamad Amiri.

Em Viena, um enviado da AIEA citado por outros diplomatas confirmou que o Irã tenha suspendido parcialmente suas atividades nucleares. "Tudo está em ordem, todas as exigências foram cumpridas", disse.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade