PUBLICIDADE

Irã critica resultados da cúpula sobre o Afeganistão

31 jan 2010 10h47
| atualizado às 10h57
Publicidade

O porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores do Irã, Ramin Mehmanparast, censurou neste domingo o resultado da conferência sobre o Afeganistão realizada em Londres, que, segundo o funcionário, interfere na independência do país.

Em declarações à agência de notícias Isna, o porta-voz, além de ressaltar que o comunicado final da cúpula "demonstra a incapacidade do Ocidente de encontrar soluções", afirmou que só por meio da "cooperação regional" o país asiático será pacificado.

O documento saído da conferência é "uma mostra da incompetência das tropas estrangeiras na hora de solucionar o problema afegão e uma tentativa de desviar a atenção da opinião pública internacional do fracasso das políticas no Afeganistão", acrescentou.

"Os resultados mencionados no comunicado final contradizem a independência e a autoridade nacional dos países", destacou Mehmanparast, que voltou a acusar o Reino Unido de ter agravado os problemas afegãos e provocado o aumento do cultivo de drogas.

EFE   
Publicidade