publicidade
20 de setembro de 2010 • 08h16 • atualizado às 08h21

Homem é decapitado com sabre por estupro na Arábia Saudita

 

Um saudita condenado à morte por estupro foi decapitado com um sabre nesta segunda-feira na região de Medina (oeste da Arábia Saudita), anunciou o ministério do Interior.

Abadallah al-Mohamadi foi condenado por ter agredido e estuprado uma mulher depois de invadir a casa da vítima quando estava embriagado, segundo um comunicado da agência oficial SPA.

Com esta decapitação sobe para 18 o número de execuções em 2010 na Arábia Saudita. Em 2009, as autoridades sauditas anunciaram 67 execuções, contra 102 em 2008.

Estupro, assassinato, apostasia, assalto a mão armada e tráfico de drogas estão entre os crimes que podem resultar na condenação à pena capital nesta monarquia ultraconservadora do Golfo, que aplica com rigidez a sharia (lei islâmica).

AFP AFP - Todos os direitos reservados. Está proibido todo tipo de reprodução sem autorização.