3 eventos ao vivo

Holanda evacua embaixada no Iêmen por ameaça de terrorismo

7 ago 2013
19h58
atualizado às 20h16
  • separator
  • 0
  • comentários

A Holanda decidiu nesta quarta-feira evacuar o pessoal de sua embaixada no Iêmen, onde várias representações diplomáticas ocidentais foram consideradas "alvos potenciais de um ataque terrorista", informou a chancelaria holandesa.

"A medida foi adotada com base em novas informações de que vários países ocidentais são alvos potenciais de um ataque terrorista no futuro, e a Holanda está entre estes países", destacou a chancelaria.

Haia já havia decidido retirar parte de seu pessoal diplomático do Iêmen, mantendo uma equipe reduzida de quatro funcionários, que agora também será evacuada.

O Iêmen anunciou nesta quarta-feira ter frustrado um plano da Al-Qaeda para atacar um terminal petrolífero controlado pelo Ocidente, ao mesmo tempo que um avião teleguiado americano matou sete supostos 'jihadistas' no sudeste do país.

Washington fechou 19 embaixadas e consulados no Oriente Médio e na África, citando comunicações interceptadas entre os militantes que supostamente incluíam uma ordem de ataque proveniente do líder da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, para o braço iemenita da rede.

Embora as missões diplomáticas dos EUA tenham sido fechadas em diversas cidades de todo mundo árabe, o foco de preocupação é o Iêmen, onde as forças americanas lutam uma guerra com drones contra a Al-Qaeda na Península Arábica (AQPA).

Na terça-feira, a Holanda pediu a seus cidadãos no Iêmen - cerca de 40 pessoas - que abandonem o país diante do risco de ataques terroristas.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade