0

Hillary Clinton chega à Tunísia para discutir crise na Síria

24 fev 2012
11h59
atualizado às 13h56

A secretária americana de Estado, Hillary Clinton, chegou à Tunísia nesta sexta-feira para participar da reunião internacional sobre a Síria organizada pela Liga Árabe, constatou um repórter da AFP.

Hillary Clinton cumprimenta o chanceler dos Emirados Árabes Unidos sob os olhares de William Hague, em Túnis
Hillary Clinton cumprimenta o chanceler dos Emirados Árabes Unidos sob os olhares de William Hague, em Túnis
Foto: Reuters

Na reunião, espera-se que os mais de 60 países representados convoquem Damasco a permitir a entrega de ajuda humanitária e apoiem a oposição síria.

Mais de sessenta países se reúnem nesta sexta-feira na Tunísia para definir um plano de ajuda humanitária internacional ao povo sírio e acentuar a pressão sobre Damasco, em uma conferência boicotada, no entanto, por Rússia e China, principais apoios do regime sírio.

"A Tunísia será uma ocasião importante de transformar o consenso internacional em ação", disse Hillary na quinta-feira em Londres, apresentando três objetivos para esta sexta-feira: a ajuda humanitária, o aumento da pressão sobre o regime e a transição democrática.

A urgência para a comunidade internacional é encontrar a maneira de apoiar o povo sírio após onze meses de rebelião, que o regime reprimiu deixando mais de 7,6 mil mortos.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade