PUBLICIDADE

ONU: guerra deslocou metade dos 500 mil palestinos da Síria

1 fev 2013 22h25
| atualizado em 2/2/2013 às 00h30
ver comentários
Publicidade

A guerra que devasta a Síria causou o deslocamento da metade dos cerca de meio milhão de palestinos quem vivem neste país, enquanto 20 mil encontraram refúgio no Líbano e cerca de 3,5 mil, na Jordânia, segundo a Agência da ONU de Ajuda aos Refugiados da Palestina (UNRWA).

Guerra civil na Síria: origens, capítulos, impasses e destinos
Quem são os oposicionistas sírios?
Infográfico: linha do tempo conta a história do conflito na Síria
Especial: luta por liberdade revoluciona norte africano e península arábica

Em um comunicado divulgado nesta sexta-feira, este organismo indicou também que 400 mil refugiados palestinos precisam de ajuda humanitária.

A agência acrescentou que nesta semana 13 palestinos haviam morrido durante combates que se concentram em Damasco e em sua periferia. Além disso, oito membros da UNRWA foram presos ou são considerados desaparecidos.

O chefe da UNRWA, Filippo Grandi, havia afirmado no sábado passado que "cerca de 525 mil refugiados palestinos na Síria foram afetados" pelo conflito, ressaltando que estão "duplamente refugiados".

A Síria é assolada desde março de 2011 por uma revolta popular contra o regime do presidente Bashar al-Assad, que se transformou em conflito armado devido à brutal repressão do governo a manifestações. A UNRWA precisa de 91,2 milhões de dólares para enfrentar esta crise humanitária.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade