0

França 'lamenta profundamente' incidente com avião de Morales

21 jul 2013
21h22
atualizado às 22h46
  • separator
  • comentários

O presidente francês, François Hollande, telefonou no dia 12 de julho a seu colega boliviano, Evo Morales, para lhe explicar que lamenta profundamente o incidente que o impediu de sobrevooar em seu espaço aéreo, informou oficialmente este domingo.

"O presidente Hollande, telefonou ao presidente Evo Morales, que estava em Montevidéu (na reunião do Mercosul), para dizer a ele que a França nunca teve a menor intenção negativa com a Bolívia e menos ainda com a pessoa de seu presidente", disse o embaixador francês na Bolívia, Michel Pinard, dias atrás em discurso, segundo registro de áudio entregue à AFP pela embaixada francesa.

No começo de julho, em seu retorno da Rússia, quatro países europeus (França, Itália, Espanha e Portugal) fecharam seus espaços aéreos ao avião de Evo Morales, por causa de rumores de que o ex-funcionário da inteligência norte-americana, Edward Snowden, estaria a bordo.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade