1 evento ao vivo

Fiéis ao regime sírio matam 7 membros de comitê de reconciliação

16 jul 2013
10h16
  • separator

Homens armados fiéis ao regime sírio mataram sete membros de um comitê de reconciliação que medeia várias confissões religiosas e grupos políticos na província de Homs, informou nesta terça-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

A organização defensora de direitos humanos, que reúne ativistas e testemunhas, relatou em comunicado que o incidente aconteceu ontem na cidade de Hayar al Abiad, de maioria alauita e considerado um bastião das milícias pró-governo.

Entre as vítimas mortas há dois ex-oficiais das forças de segurança sírias e o imã de uma mesquita, todos eles turcomanos da cidade de Al Zara.

Os mortos faziam parte de um comitê de reconciliação encarregado de mediar entre distintas seitas religiosas como sunitas e xiitas, e entre fiéis e opositores ao presidente Bashar al Assad.

Pelo menos 93 mil pessoas morreram desde o início do conflito na Síria em março de 2011, segundo a última apuração da ONU.

Veja também:

Quem é o menino bailarino da Nigéria que viralizou nas redes sociais
EFE   
publicidade