PUBLICIDADE

Fã do Real Madri e dança: conheça membro do EI que matou 38

Seifeddine Rezgui teve detalhes de sua vida revelados nesta segunda-feira, três dias depois do ataque em Sousse, Tunísia

29 jun 2015 10h04
ver comentários
Publicidade
Um vídeo do membro terrorista dançando foi revelado na internet, em que aparece de jeans, boné e moletom
Um vídeo do membro terrorista dançando foi revelado na internet, em que aparece de jeans, boné e moletom
Foto: Daily Mail / Reprodução

Um jovem de 23 anos, fã do Real Madri, dançarino de break e frequentador de cafés com os amigos: ninguém da família de Seifeddine Rezgui conseguiu acreditar que ele poderia ter atacado e matado 28 pessoas até o dia anterior ao ataque em uma praia da Tunísia. Mas, o membro do EI parece ter se revelado amante do extremismo aos poucos e discretamente pelas redes sociais até o momento em que foi responsável pelas dezenas de mortos. As informações são do Daily Mail.

Rezgui teve detalhes de sua vida revelados nesta segunda-feira, três dias depois do ataque em Sousse, Tunísia
Rezgui teve detalhes de sua vida revelados nesta segunda-feira, três dias depois do ataque em Sousse, Tunísia
Foto: Daily Mail / Reprodução

Rezgui teve detalhes de sua vida revelados nesta segunda-feira, três dias depois do ataque em Sousse, Tunísia. Um vídeo do membro terrorista dançando foi revelado na internet, em que aparece de jeans, boné e moletom – como outro adolescente qualquer. Na sua página do Facebook, porém, uma mudança de comportamento é vista aos poucos, já que o jovem revela seu amor pela jihad.

Siga o Terra Notícias no Twitter

Na virada do Ano-Novo, por exemplo, Seifeddine Rezgui postou uma mensagem dizendo que queria ver o “povo sofrer”.

Um tio do terrorista de 70 anos, ainda perturbado com o ocorrido, disse que esteve com Rezgui na quinta-feira. “Nós nos sentamos no jardim e ele estava perfeitamente normal. Saiu daqui às 12h e não tínhamos ideia do que estava planejando. Nós conversamos sobre a sua vida e os estudos. Essa foi a última vez que o vi. Ele era um menino doce quando era mais jovem. Era um breakdancer e amava futebol. Ele deveria ter tido uma vida longa e feliz”, afirmou.

Terra News: França, Tunísia e Kuwait são alvos de atentados:

Após o atentado na Tunísia, o Estado Islâmico assumiu a autoria e divulgou imagens de Rezgui sorrindo ao lado de dois fuzis, chamando de jihadista pelo nome de guerra “Abu Yahya al-Qayrawani”, em referência para Kairouran, a cidade na qual ele estudou engenharia.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade