0

Explosão de bomba no Afeganistão deixa sete civis mortos e um ferido

20 jan 2015
12h56

Pelo menos sete civis morreram, entre eles mulheres e crianças, e outro ficou ferido com a explosão, nesta terça-feira, de uma bomba durante a passagem do veículo no qual viajavam na província de Ghazni, no sudoeste do Afeganistão, informou à Agência Efe uma fonte oficial.

A explosão aconteceu entre os distritos de Gilan e Jaghori, quando as vítimas se dirigiam para a cidade onde vivem, disse o porta-voz do governador provincial, Shafiq Nang.

A fonte afirmou que a bomba improvisada foi colocada na estrada por supostos insurgentes que lutam contra as Forças de Segurança afegãs.

No final de dezembro, cinco adolescentes morreram pela explosão de uma bomba improvisada quando brincavam em uma cidade da província de Faryab, no noroeste do Afeganistão.

Esses artefatos são, junto aos atentados suicidas, os métodos mais recorrentes dos talibãs para acabar com as forças afegãs e internacionais, embora na prática causem um elevado número de vítimas civis.

Segundo dados das Nações Unidas, as vítimas civis no conflito afegão aumentaram de janeiro a novembro de 2014 19% com relação ao mesmo período do ano anterior, superando os três mil mortos e os seis mil feridos.

O número de crianças mortas ou feridas aumentou 33% e o de mulheres 14% em ações violentas que em 75% dos casos são responsabilidade dos insurgentes, de acordo com a ONU.

O Afeganistão atravessa um dos momentos mais complicados desde a invasão dos Estados Unidos e o final do regime talibã há mais de uma década, com um aumento nos últimos meses dos ataques insurgentes com vítimas civis.

EFE   
publicidade