1 evento ao vivo

EUA condenam ataque 'terrorista' contra forças de Assad no Iraque

11 mar 2013
20h55

Os Estados Unidos condenaram nesta segunda-feira o ataque contra forças do regime sírio de Bashar al Assad que circulavam em comboio pelo Iraque na semana passada,.

O governo de Barack Obama definiu a agressão, reivindicada pela Al-Qaeda, como um ato "terrorista".

"Qualquer ataque deste tipo, qualquer tipo de terrorismo como este, é algo que devemos condenar", afirmou a porta-voz do departamento de Estado Victoria Nuland.

O Estado Islâmico do Iraque (ISI), ligado à rede Al-Qaeda, reivindicou a ação contra um comboio no oeste do Iraque que deixou 48 soldados sírios e nove guardas iraquianos mortos, segundo comunicado publicado na internet nesta segunda-feira.

Os soldados sírios haviam se refugiado no Iraque após combates contra rebeldes no território da Síria.

O comboio sírio foi atacado quando atravessava a província de Al Anbar, no oeste do Iraque, no caminho de volta à Síria.

Nuland raramente avalia como "terroristas" os ataques da oposição síria contra as forças de Assad, que os Estados Unidos querem ver afastado do poder.

"Toda vez que não combatentes forem atacados desta forma - e as táticas eram obviamente terroristas - vamos chamá-lo pelo que é", disse a porta-voz.

Nuland reiterou as preocupações de Washington com respeito à Al-Qaeda e suas afiliadas, "que tentam tirar vantagem da violência e do caos na Síria para seus próprios fins, que não são os desejos do povo sírio de viver em uma sociedade justa e democrática".

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade
publicidade